Close

27 de outubro de 2017

A inovação tem a ver com pessoas

A simples menção da palavra inovação traz à mente a imagem de robôs, sistemas tecnológicos complexos, internet das coisas e realidade aumentada? É assim para muitas pessoas. Contudo, há quem pense diferente, Durante o evento Unlocking Insights, que aconteceu em São Paulo nesta quarta-feira (25/10), Silvio Meira, sócio da MuchMore e Guilherme Horn, da Accenture, defenderam que para que a inovação aconteça, é preciso dar um passo atrás e olhar para as pessoas.

Ao se debruçar sobre um estudo que tinha como objetivo entender “o que acontece com as pessoas nos negócios por causa dessa agitação, que a gente resolveu chamar de transformações digitais”, Meira percebeu que para sobreviver nesse mundo em transformação, é necessário muitas vezes mudar a mentalidade dos funcionários da base da empresa. “Essa é a tensão em qualquer empresa. As pessoas que entendem do negócio e têm a cultura do lugar precisam ser reeducadas, mudar as bases de pensamento, mas mantendo os mesmos valores e princípios éticos e morais, e a rede de clientes, se for possível”, afirma.

E isso não significa simplesmente que as grandes empresas precisam começar a pensar com cabeça de startup, como muitos defendem. “Você não consegue transformar um grande negócio em uma startup”, diz. As diferenças de escala, processos e responsabilidade impossibilitam isso. Mas é preciso aprender um pouco com as startups.

O processo de digitalização foi tão acelerado que hoje, diz Meira, as pessoas estão muitas vezes mais informatizadas que as empresas. E as grandes empresas, muitas vezes, perderam o passo e ficaram para trás. “O Whatsapp e o Instagram são muito melhores do que os aplicativos dos bancos”, provoca. “Essa velocidade toda é um mega problema dentro dos negócios porque as empresas têm cultura, arquiteturas de valor e de poder que permeiam as relações”. Mas para crescer e inovar, é preciso mudar essa cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *